O deputado Elio Rusch (DEM) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa esta tarde (4) para reforçar a disposição do Governo do Paraná de debater com todos os integrantes da comunidade escolar do estado a proposta do Governo Federal de alterar o currículo do ensino médio.  De acordo com o parlamentar, serão realizados 32 seminários simultâneos nos 32 NREs – Núcleos Regionais da Educação de todo o estado, no próximo dia 13 de outubro.

“No Paraná, nada vai acontecer de cima para baixo, nenhuma resolução será imposta, tudo será debatido com os professores, diretores, funcionários, alunos e pais. Só após este amplo debate será definida a metodologia a ser aplicada aqui”, esclareceu Rusch.

Segundo a Secretaria de Educação, para 2017, será montado projeto piloto para avaliar a nova sistemática proposta pelo MEC, que alia a Base Nacional Comum Curricular às cinco ênfases que os estudantes podem optar em se aprofundar, de acordo com seu interesse: linguagem, matemática, ciências sociais e humanas, ciências da natureza, e formação técnica e profissional.

O parlamentar ainda destacou que, no Paraná, serão mantidas na grade curricular as disciplinas de Sociologia, Filosofia, Artes e Educação Física.

No mesmo dia em que o parlamentar usou a tribuna para este esclarecimento sobre as mudanças do novo currículo do ensino médio no Paraná, a Professora Ana Seres, secretária de educação, concedeu entrevista coletiva à imprensa para detalhar as conferências da comunidade escolar do próximo dia 13 de outubro. Os resultados destes debates passarão ainda pela avaliação final do Conselho Estadual de Educação antes de serem apresentados formalmente ao Ministério da Educação.