Nesse 10 de agosto a Polícia Militar do Paraná completa 163 anos de existência. O deputado Elio Rusch participou das comemorações realizada na Academia Policial Militar do Guatupê (em São José dos Pinhais) que reuniu a corporação e autoridades nessa data histórica para todos os militares. A solenidade prestou homenagens a diversos policiais e autoridades civis por contribuições à corporação.

“Ao longo do mês de agosto diversas solenidades estão sendo executadas para a comemoração do aniversário, mas participar desse ato de comemoração no dia de seu aniversário é muito gratificante. Lá em 1854, em um histórico dia 10 de agosto, nascia nossa gloriosa polícia militar com a denominação de Companhia de Força Policial da Província do Paraná. Hoje, Polícia Militar do Estado do Paraná, ela continua avançando em conquistas e mais segurança pública em todo o Estado”, comenta Elio Rusch.

Para o deputado a força da polícia passa pelo comprometimento de seus policiais que no dia a dia enfrenta situações adversas no combate ao crime e permanecem firmes custe o que custar.

“Nossos policiais são verdadeiros guerreiros. Eles não medem esforços para manter nossa segurança. Prestigiar o aniversário da corporação é o mínimo a se fazer”, declara Elio Rusch.

O deputado sempre se mostrou defensor da classe. Ao longo de sua trajetória política defendeu inúmeras causas de segurança pública como até criar uma lei que originou o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), unidade especializada da Polícia Militar do Estado do Paraná, instalada no Oeste do Estado em 2011 na cidade de Marechal Cândido Rondon.

“Sei da importância que é ter a Polícia Militar em todos os rincões do Paraná. A criação do BPFron pelo governo Beto Richa foi algo especial para mim e para todo o Oeste que hoje desfruta de mais segurança em nossa fronteira”, disse Elio Rusch

Comando da Polícia

O Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato foi reconduzido ao Comando da Polícia. A solenidade foi marcada pela assinatura do documento governamental que reconvoca o Comandante, um ato de homenagem e reconhecimento de seus esforços já que no dia 13 de agosto ele se aposenta.

Presenças

Conforme registrou o protocolo, participaram do evento o secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni, o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, o Comandante da Artilharia Divisionária, general de brigada Rodrigo Pereira Vergara, o promotor do Ministério Público Federal, Alexandro José Fernandes de Oliveira, o Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato, o Subcomandante-Geral da PM, coronel Arildo Luis Dias, a Chefe do Estado Maior da PM, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha, o Superintendente da Agência Brasileia de Inteligência, Roberto Luis Ferreira Miranda, o Superintendente da Polícia Federal no Paraná, Rosalvo Ferreira Franco e o Chefe da Casa Militar, coronel Elio de Oliveira Manoel.

Além do deputado Elio Rusch outros deputados e demais autoridades marcaram presenças como o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, o Comandante do Cindacta II, coronel aviador Alvaro Wolnei Guimarães, o Chefe do Estado Maior da 5ª Região Militar, coronel Robert Alexandre Eiekhoff, o Consul Honorario da Russia, Acef Said, o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Reis, o juiz da Vara de Justiça Militar, Davi Pinto de Almeida, além de outros convidados dos setores público e privado, oficiais e praças de todos os setores da corporação, amigos e familiares.

Nomenclatura

Desde 1854 a polícia militar passou por mudanças em seu nome. Foram oito mudanças: 1854 – Companhia de Força Policial da Província do Paraná; 1874 – Corpo Policial da Província do Paraná; 1891 – Corpo Militar de Polícia do Estado do Paraná; 1892 – Regimento de Segurança do Estado do Paraná; 1917 – Força Militar do Estado do Paraná; 1932 – Força Pública do Estado do Paraná; 1939 – Força Policial do Estado do Paraná; e em 1946 – Polícia Militar do Estado do Paraná, nome que vigora até os dias atuais.

“O nome da corporação policial foi mudando, mas sempre manteve o compromisso em prestar e melhorar a segurança pública. Tenho grandes amigos na Polícia Militar. Sei do comprometimento de todos com suas responsabilidades. Parabéns a você policial que dedica sua vida e esforço por todos nós paranaenses. Viva a nossa Polícia Militar”, finaliza Elio Rusch.